Saboia: Um ato de coragem e patriotismo

03.09.2013 por DC em Notícias


Compartilhar:

Quero prestar a minha homenagem pessoal ao jovem diplomata brasileiro, Eduardo Saboia, por seu ato da coragem e patriotismo, ao libertar o asilado político boliviano, Senador Molina Roger Pinto, retido há 452 dias na embaixada brasileira, sem que a Bolívia de Evo Morales concedesse o Salvo Conduto para sua vinda ao Brasil, como determinam as normas e tradições internacionais que regem o Direito de Asilo!

A atitude do diplomata pátrio, foi a única resposta possível, face a vergonhosa e covarde omissão do Governo Federal e a apatia do Itamaraty, que ao se abster de intervir, ofendeu as mais caras e honrosas tradições da Diplomacia Brasileira!

A decisão da Presidência da República de punir, pelo afastamento de funções, o Diplomata Eduardo Saboia, é mais um gesto humilhante do Governo Federal, de submissão ao Presidente Boliviano Evo Morales, que tem afrontado sem receio de resposta, a dignidade do Brasil, como quando invadiu as propriedades da Petrobras na Bolívia, sequestrou torcedores brasileiros sem culpa formada e negou salvo conduto a asilado político em embaixada brasileira!

A justificativa apresentada pelo Governo Brasileiro para punir o Jovem Diplomata, ou seja de que seu gesto colocou em risco a vida do asilado, é mera cortina de fumaça e desculpa esfarrapada, uma vez que o Senador Roger Molina, confinado na Embaixada Brasileira há quase um ano e meio, a cada dia morria um pouco, estando a um passo da atitude extrema do suicídio,como testemunhou Eduardo Saboia.

Parabéns, Diplomata Eduardo Saboia, por seu gesto e atitude em defesa da dignidade da pessoa humana e da dignidade de nossa querida pátria: Brasil !

Deputado Federal Constituinte

José Maria Eymael

Presidente Nacional do PSDC