Fórum Campo Grande Sustentável

08.02.2012 por DC em Notícias


Compartilhar:

JEITO PSDC DE FAZER POLÍTICA É DESTAQUE ENTRE PARTICIPANTES
O jeito do PSDC de fazer política foi apresentado e aprovado durante o Fórum Campo Grande Sustentável, que reuniu dez siglas partidárias em torno de um projeto de desenvolvimento sócio-econômico sustentável para a Capital de Mato Grosso do Sul.

Os representantes políticos assinaram o documento e se comprometeram a apresentar em 90 dias um plano de metas com as indicações do programa. Além disso, eles deverão prestar contas com informações disponibilizadas nos sites das prefeituras.

Para o presidente regional do PSDC, Elizeu Amarilha, o encontro realizado no Hotel Jandaia, foi um marco histórico na política estadual, na medida em que reuniu dirigentes e partidos políticos na discussão de propostas para a cidade, deixando a escolha de nomes e formatação de alianças para um segundo plano.

Em parceria com representantes de outros Partidos, o PSDC MS assumiu o compromisso com a Plataforma Cidades Sustentáveis e com o Programa idealizado pelo Instituto Ethos, visando sensibilizar, mobilizar e oferecer ferramentas para que Campo Grande se desenvolva de forma sustentável.

O coordenador do Programa Cidades Sustentáveis, Maurício Broinisi, ficou emocionado ao encontrar uma colaboração com um trabalho de cinco anos de pesquisa e revelou que o trabalho não é utopia; e consiste em levar aos municípios o que tem de melhor no mundo inteiro, destacando que a discussão é centrada no diálogo e não na disputa pelo poder.

Broinisi também apresentou vídeo com algumas das maneiras de viver de forma sustentável como o uso de bicicletas, luz solar, lixo transformado em adubo fértil e uso de energias sustentáveis. “O Programa defende a ampliação das áreas verdes, erradicação da miséria, despoluição dos rios, instalação das creches para crianças e jovens, coleta seletiva, redução da poluição e instalação das ciclovias. Sustentar é não deixar morrer, afundar ou cair, para preservar a espécie para o futuro.”, destacou.

Na oportunidade, Elizeu Amarilha lembrou que “o PSDC caminha para ter candidatura própria em Campo Grande, mas que o partido jamais discutiria esse assunto sem antes debater amplamente a Campo Grande que queremos para daqui a 15 ou 20 anos, quando teremos mais de um milhão de habitantes, lembrando ser necessário pensar a cidade de maneira mais organizada e planejada, discutindo a cidade e não o nome de pessoas”.

Amarilha também elogiou a maturidade política dos participantes e avaliou que as idéias podem ajudar a fazer os jovens que estão começando a votar, interessarem-se pelo processo eleitoral, valorizando a vida, com a participação da sociedade.

Por fim, lembrou que o Fórum Campo Grande Sustentável vai realizar outros debates, organizado por segmentos que incluem mobilidade, educação e esporte. Os partidos devem participar de uma reunião para elaborar a agenda desses debates.

Fonte: PSDC Mato Grosso do Sul